sábado, março 01, 2008

Planejamento, fundamental para nossa vida!

Sempre gostei de planejamento, daquela sensação de ir realizando algo que já tinha programado, seja pela tranquilidade de não ficar desesperada por aí com a sensação de ter esquecido alguma coisa, ou mesmo pela satisfação de não ter tempo (nem dinheiro) perdido. Claro que é muito melhor lidar com o imprevisto quando se tem apenas correções de rota para o planejado do que fazer o planejamento "on going" que é como se chama quando vamos pensando, fazendo, apagando incêndios, aquela loucura típica de prazos estourando e milhões de coisas e problemas acontecendo.

Mas agora, com esse nosso projeto de ir para o Canadá, cada vez mais torna-se claro o quão importante é o planejamento... seus benefícios são tantos que até psicologicamente conseguimos sentí-los!

Então, deixo aqui algumas dicas de coisas que planejamos e que estão nos ajudando muito, inclusive a tranquilidade psicológica de estarmos a um mês e pouquinho do embarque e sabermos que tudo está sob controle. Claro que nem tudo acontece exatamente como planejamos, mas aí ajeitamos uma coisa aqui, falamos com outra pessoa ali... et voilá: eis que continuamos nosso projeto tranquilamente! Isso realmente é "priceless", falo com orgulho e satisfação! O maior benefício é toda curtição que estamos passando agora, realizando nosso sonho, nosso planejado e tendo tempo de aproveitarmos cada fase, sentirmos as emoções, compartilharmos nosso sentimento, não deixando as tarefas do dia-a-dia nos sufocarem nesse finalzinho de Brasil e início de vida no Canadá.

Alguns documentos que utilizamos para nosso planejamento:
- Tarefas para serem realizadas no Brasil;
- Tarefas para serem realizadas no Canadá;
- Tarefas para serem realizadas no primeiro retorno ao Brasil;
- Cronograma de três meses antes da partida;
- Cronograma dos primeiros meses no Canadá;
- Planilha de custos.

Utilizamos sempre o método de fazer o gerenciamento por partes, ou seja, separamos grandes grupos (exemplo: saúde brasil, saúde canadá, documentos pessoais, documentos de trabalho, compras, parte aérea, providências familiares, amigos etc...) e aí, dentro de cada grupo marcamos a atividade que deve ser realizada. Quando você faz isso vc já consegue saber as atividades relacionadas entre os grupos, a dependência de uma precisar acontecer para que "libere o caminho" para a outra, e também onde ela entrará no cronograma.

Por exemplo, eu resolvi fazer depilação a laser para não precisar procurar um salão de depilação no Canadá nem ter que fazer em casa essa tarefa que, dependendo da região, não conseguimos fazer sozinhas. Então, quando pensei na depilação a laser, sabia que precisaria iniciá-la pelo menos 6 meses antes da nossa partida pois a depilação é feita com aplicações a laser mensais e dependendo da pessoa podem ser necessárias 4, 5, 6 aplicações... com isso já de cara sabia que teria que achar um lugar para fazer, marcar horário para que só depois, pudesse ir lá realizar "essa tarefa".

Também aproveitamos para nos organizarmos quanto isso irá custar, economizar dinheiro se necessário e principalmente, pensar quais imprevisto poderão acontecer (por exemplo, ser necessário mais de 6 aplicações ou o local de depilação a laser fechar para feriados ou datas comemerativas e aí atrasar as sessões). Já pensamos em se queremos correr o risco de acontecer esse imprevisto e aceitá-lo ou se vamos reduzir a chance dele acontecer, iniciando as sessões 7 ou até 8 meses antes.

Depois de colocadas as tarefas em cada grande grupo e detalhando sua execução (para depilação por exemplo, marcar horário com dermato, fazer aplicação, voltar para retorno....) podemos também atribuir a responsabilidade, ou seja, quem irá fazer aquela tarefa. No meu caso, só depende de mim a execução daquela tarefa e também seu acompanhamento, mas aqui em casa muitas tarefas são compartilhadas entre nós, o maridão começa e eu termino, ou eu faço uma parte e ele a outra, mas ambos sabemos quais são as tarefas necessárias, quem é responsável por o quê, os prazos, os custos...

Olhando assim nas linhas que escrevi muitas vezes parece algo difícil, chato ou até complexo pq ficamos pensando "e se acontecer isso?", "e se não fizermos isso?" ou até "mas falta tanto tempo... pra quê pensar nisso agora?" mas garanto para vcs, é super fácil de organizar esse planejamento, ainda mais quando aprendemos tanto em outros blogs e com a experiência do pessoal que está pra ir ou já foi... vamos adicionando linhas se descobrimos algo novo e aí com o restante já programado, fica bem mais fácil encaixar as novas atividades no meio.

Bom, é isso aí... bom planejamento e melhor ainda realização!!

bjs,
Ci.

4 comentários:

Silney disse...

Muito bom o post de vcs...excelente...e concordo q planejamento é tudo na vida! é vital!!!
Já estava pensando e fazer um post sobre o planejamento a importancia dele... qq hroa vou fazer sim.
Um grande abraço
Silney

Anônimo disse...

Oi Ci! as suas orientações sobre planejamento são sem dúvidas o segredo para se fazer um processo de imigração com tranquilidade. As suas dicas são o meu norte. Acho que poderias pensar em recolher algumas de suas postagens e escrever um livro de "auto-ajuda" de planejamento de saída do Brasil. Tou falando sério! iria ajudar muita gente que deixa pra última hora ou esquece de pontos importantes e terminam por se prejudicar ou gastar $$ desnecessário. Bjs!! Thásia

Dani disse...

Oi Sra. Planejamento!! Adorei o post!

E se vc for aceitar a sugestão da Thásia, já sabe onde encontrar uma revisora!! heheh

Bjão =)

Ci disse...

Oi Sil, Dani e Thásia,

Muito obrigada pelo apoio, quem sabe um dia a gente não edita esse livro juntas, né? Vamos ter váárias experiências para uma complementar a outra!!
Adoro vcs!!

bjs grande,
Ci.