segunda-feira, outubro 08, 2007

Após longo inverno...

É, o título já fala tudo, né? Olha só qto tempo sem escrever... tbm, tantas coisas acontecendo...

Bom, hoje entreguei o TEF (Test d'Evaluation Français) no consulado. Como assim??? É, assim mesmo... depois de ter mandado a documentação que eles pediram sobre trabalho, ainda ficaram dúvidas e pediram meu atestado em francês, pra considerarem como segunda língua (isso mesmo, meus atestados do francês que aprendi no Canadá não foram aceitos e o consulado aceita, o atestado do TEF que vem da França! rss) Mas, coisas de gente quadradinha, vou fazer o quê??

Conclusão... três meses de aula particular de francês, zero feriados, zero finais de semana e muito "je suis, j'ai, j'avais..."

Dia 17 de Setembro fiz o TEF e a previsão eram 45 dias pra chegar o resultado... mas chegou com menos de 20 dias e hoje foi só passar na Aliança Francesa e ir de lá direto pro Consulado Canadense.

Claro que depois q tudo passa a gente entende melhor o que o universo que da gente, ou vc acha q se não tivesse essa "pequena" pressão eu ia conseguir um avançado em conversação?? hehehe... detonei, né? Em compensação, minha redação ficou no nível básico (injustamente, pq consegui 270 de 480 pontos e se tivesse conseguido 271 já seria nível intermediário, mas, c'est la vie). E o resto ficou tudo no intermediário e básico pq tbm por causa do tempo no compreension écrite deixei umas 10 perguntas sem responder, então foi justo.

Ah, claro, não poderia esquecer q no meio dos estudos desanimei... pensava e ficava questionando se realmente era pra ir pq afinal, tantas coisas e papeladas sendo solicitadas, se eu não estava forçando demais... mas aí, eis que num sábado de tardezinha a gente foi assaltado na porta da casa dos meus pais! Pronto! Deitada no chão da rua em frente da casa, com um revólver na cabeça e minha bolsa com tudo, até a máquina digital dentro indo embora, tive aquela luz que faltava: "estuda, estuda que não dá mais pra ficar aqui mesmo!!"

E agora cá estamos no aguardo novamente... na verdade tudo isso faz a gente crescer, né? Hoje em dia percebo que meu estado de espírito de quando começamos o processo e como está agora, evoluiu muito. Já não fico mais tão desesperada, faço as coisas, mas tbm curto meu momento aqui... tento ao máximo me programar para a vida lá mas sem deixar q ela atrapalhe os momentos bons que vivo aqui tbm, afinal, viver é o momento e não o futuro, né? Acho que qdo esse processo chegar no final estarei como devo estar: madura.

bjs, té o próximo post!
ci.

Nenhum comentário: